Pesquisar este blog

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Trabalho Final



Roteiro da Apresentação Arquivistas Night

Perguntas e respostas do programa:

       1- Como surgiu o nome Diplogia?
          Surgiu a partir de debates entre o grupo em tentar pensar em um nome que identificasse a disciplina e de uma forma quase que instantânea pensamos na junção das palavras diplomática e tipologia, surgindo assim Diplogia.
  
       2 - Como definimos o tema: Processo de compra de material permanente?
         Após o professor em uma das aulas pedir aos grupos que definissem um foco, após alguns debates entre nós e os colegas de outros grupos pensamos que esse processo seria de fácil acesso no ACE (Arquivo Central da UnB) para o grupo estudar e consultar os documentos e que seria interessante demonstrar para os frequentadores do blog e espectadores das oficinas como ocorre esse processo que envolve uma quantidade razoável de dinheiro público na UnB. 
      3 - Como foi à experiência de criar um Blog para realizar as atividades das disciplinas?
      Foi interessante, no inicio pensávamos que seria difícil criar, mas conforme nós fomos pesquisando vimos que era bem mais fácil a sua criação e uso, as maiores dificuldades que tivemos foi adicionar algumas ferramentas que foram solucionadas com pesquisa e a ajuda de alguns colegas de outros grupos que tinham mais familiaridade com essas ferramentas e no fim conseguimos postar todas as atividades propostas a tempo. Além disso, essa alternativa de se apresentar os trabalhos através de um blog torna a disciplina mais dinâmica e obriga o grupo a fazer as atividades corretas já que elas serão mostradas para todas as pessoas que frequentam o Blog e que tenham ou não familiaridade com a disciplina.
     4- Como foi a confecção e realização da Oficina?
        Na confecção nós criamos um banner para demonstrar para as pessoas que passavam pela oficina o nosso tema e as etapas do processo de compra de material permanente. Na apresentação da oficina, demonstramos o trâmite desse processo tomando como exemplo um processo de compra de lixeiras e ventiladores para o Campus de Planaltina, explicando as fragilidades do processo em que poderia ocorrer fraude com o dinheiro público, além disso, colocamos uma lista de presença para registrar todas as pessoas que compareceram a nossa apresentação e distribuímos como brinde um papel com o endereço do nosso blog, para caso os visitantes queiram obter mais informações, e uma balinha para agradar o individuo.     
     5- Como foi formulado o trabalho final?
         Nós seguimos a sugestão do professor de fazer algo criativo e de fazer algo relacionado ao nosso tema, portanto fizemos um programa de entrevistas com as questões principais da disciplina e elaboramos um processo com o mesmo formato e documentos que teria um processo de compra de material permanente, só que adaptando para a compra da disciplina para os servidores da FCI (Faculdade da Ciência da Informação), nele demonstramos os conceitos trabalhados em sala de aula, a criação dos blogs, a oficina e todas as atividades feitas em grupo ou individualmente, com maior detalhes que não possível explicitar nas entrevistas. Processo de aquisição de Curso de Diplomática e Tipologia:https://pt.slideshare.net/GrazielleCampos1/versao-final-diplomatica

     6- O que aprendemos na Disciplina?
        Aprendemos, principalmente, a importância da disciplina diplomática e tipologia documental já que nós não tínhamos noção de como seria, a relevância e contribuição para a nossa profissão, revisamos e consolidamos vários conceitos relacionados à área de arquivologia e a prática de acordo com as séries documentais apresentadas nas aulas realizadas no arquivo central.
   7- Qual a importância, na opinião de vocês, dessa disciplina para a atuação do arquivista?
           A importância é de, principalmente, o arquivista ser o profissional capacitado para verificar a autenticidade dos documentos presentes na administração pública e instituições privadas.

Trabalho Final - Vídeo


domingo, 25 de junho de 2017

Atividades Individuais realizadas no semestre

http://diplogia.blogspot.com.br/p/atividades-individuais.html

OU

 Grazielle N. Campos

Análise das oficinas http://diplogia.blogspot.com.br/2017/06/atividade-individual-analises-das.html
Prévia das oficinas - http://diplogia.blogspot.com.br/2017/06/atividade-individual-previas-das.html
Importância da Diplomática - http://diplogia.blogspot.com.br/2017/05/atividadeindividual-2-discutir.html
Atividade Bizagi - http://diplogia.blogspot.com.br/2017/04/atividade-bizagi-grazielle.html
Postagem link do Bizagi no blog do Professor - http://dtdvirtual.blogspot.com/p/bizagi.html
Relato - http://diplogia.blogspot.com.br/2017/04/atividades-individuais.html

Felipe Neves Crizostimo

Postagem link do Bizagi no blog do Professor - http://dtdvirtual.blogspot.com.br/p/bizagi.html
Relato - http://diplogia.blogspot.com.br/2017/04/atividades-individuais.html

Mariana Cardoso Rodrigues

Atividade Ciranda Cirandinha - http://dtdvirtual.blogspot.com.br/p/autenticidade-e-veracidade.html
Relato - http://diplogia.blogspot.com.br/2017/04/atividades-individuais.html

 Amanda Elias de Souza

Atividade Bizagi - http://diplogia.blogspot.com.br/2017/04/atividade-bizagi-amanda-elias-de-souza.html
Postagem link do Bizagi no blog do Professor - http://dtdvirtual.blogspot.com.br/p/bizagi.html
Atividade Ciranda Cirandinha - http://dtdvirtual.blogspot.com.br/p/autenticidade-e-veracidade.html
Relato - http://diplogia.blogspot.com.br/2017/04/atividades-individuais.html

Atividade individual – Análises das apresentações das oficinas – Grazielle N. Campos

De Volta para o passado: O grupo modificou o tema da apresentação para Contratos de Locação dos Imóveis Funcionais da UnB. O foco da apresentação foi no processo de solicitação e no trâmite necessário para tornar o processo autêntico. O grupo foi bastante criativo ao expor em seu estande cartazes relacionando o assunto com o nome do grupo e chamou atenção ao distribuir folders sobre o trabalho com bombons a quem passava pelo estande.
Grupo Alpha: O grupo apresentou sobre o PIBIC (Projeto de Iniciação Científica), mostrando o processo e o trâmite através do mapeamento do processo demonstrado no Bizagi, incluso em um banner. Grupo que divulgou de forma mais inusitada, pois o cartaz para chamar atenção dos transeuntes estava afixado em um dos integrantes do grupo. Entregaram como brinde aos visitantes balinhas e folders com explicações referentes ao trabalho e a divulgação do seu blog.
Os Bárbaros: O grupo apresentou o Projeto Memória do Movimento Estudantil através de fotos. Por não pertencer ao produtor arquivístico UnB, apesar de estar disponível no Arquivo Central, o grupo cogita o fato de o acervo ser na verdade uma coleção. O grupo realizou duas dinâmicas para os participantes interagirem com o tema tratado.
Novos amigos: O grupo apresentou o processo e o trâmite para solicitação do diploma na UnB. Foi a melhor caracterização dentre os grupos pois estavam com chapeis de formandos o que de longe já demonstravam quem eram os integrantes do grupo. Como exemplos havia um mural de notícias com informações como de um ex-BBB que havia apresentado um diploma falso.
CA – Comitê Estudantil de Arquivologia: O grupo apresentou sobre o processo de enquadramento funcional. Para demonstração sobre as etapas do processo, usaram o sistema Bizagi no banner. Para chamar a atenção do público aplicaram um quiz (jogo de perguntas e respostas). 


Atividade individual – Prévias das oficinas – Grazielle N. Campos

Atividade individual – Prévias das oficinas – Grazielle N. Campos

Desarquivando: O grupo apresentou uma espinha de peixe onde demonstraram as etapas da realização de convênios entre a UnB e instituições estrangeiras visando o intercâmbio de alunos e professores. O tema do grupo será Vai pra Onde.

Quarteto Diplomático: Apresentará sobre o processo de mudança de curso solicitados pelos alunos de graduação da UnB. Para isso, demonstrarão os procedimentos, o tramite necessário e as dificuldades para o aluno conseguir resultado positivo ao final do processo.     

Volta para o passado: Apresentará sobre a Multi incubadora do CDT. Ela ajuda a pessoa que a procura a empreender, fomenta as novas idéias, que são selecionadas através de processo seletivo para a escolha dessas idéias que receberão o auxilio devido.

Os Bárbaros: Irão apresentar o Projeto Memoria do Movimento Estudantil, acervo arquivístico que se encontra no Arquivo Central apesar de não pertencer exclusivamente á UnB.    


 

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Rascunho Trabalho Final

Trabalho Final:
Programa de entrevistas "Arquivistas Night", roteiro da entrevista e processo fictício de compra de curso de Diplomática e Tipologia.         



Análise das Oficinas Apresentadas - Mariana Cardoso Rodrigues (15/0017324)

Desarquivando: Eles abordaram sobre Convênios celebrados entre a UnB e instituições estrangeiras, com o intuito de mostrar a finalidade e requisitos para que  o processo de trâmite aconteça, verificando como esse processo de convênio pode ser autêntico e o relacionando esse tema com os conceitos das disciplinas de diplomática e tipologia documental e arquivo permanente. Depois de apresentada a oficina os espectadores recebiam um marcador de texto que disponibiliza do link do blog para melhores explicações sobre o tema.

Quarteto Diplomático: O grupo expôs um tema que é comum dentro da UnB, que remete a mudança de curso. Eles mostraram na prática como formaria um processo de mudança de curso para que as pessoas possam compreender melhor como funciona e como esse tema muda ou não com a implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informação) na Universidade. Fizeram uso de banner, entregaram folders com chocolate e simularam com os participantes como seria o processo de mudança de curso.

Os Bárbaros: O grupo apresentou um tema que diz respeito ao Projeto Memória do Movimento Estudantil. Para mostrar esse tema, o grupo realizou uma dinâmica visando à maior compreensão sobre o assunto pelos espectadores que participaram, essa dinâmica eram folhas em branco ao lado das fotos pra que os participantes se sentissem a vontade para escreverem o que aquelas fotos o remetiam, o que lembravam e com o que associavam às mesmas. Durante a apresentação eles acrescentaram temas como arquivologia, diplomática e tipologia.

De Volta Para o Passado: Esse grupo abordou sobre como ocorre os Contratos de Locação dos Imóveis Funcionais da UnB, visando mostrar a finalidade para a universidade em tornar possível que docentes e funcionários se estabeleçam em seus apartamentos e como se da à autenticidade e a relação dos fundos desse tramite já que ele ocorre todo pelo o SEI (Sistema Eletrônico de Informação). Eles utilizaram de banner e outros chamativos durante a oficina. Ao final de cada apresentação eles entregavam folder do Grupo com um bombom.


Grupo Alpha: O grupo chamou a atenção através de um dos integrantes bastante extrovertido que cativava as pessoas que passavam e assim mostrava a oficina. Eles apresentaram sobre o PIBIC (Projeto de Iniciação Científica), mostrando como ocorre o trâmite através de um Bizagi com o objetivo de revelar como esse projeto pode acontecer, associando temas importantes como o que é arquivologia e sua necessidade no processo PIBIC.

Oficina Virtual



Olá galera! Sejam muito bem vindos ao nosso blog ! No post de hoje apresentaremos nossa oficina que ocorreu dia 09 de Junho de 2017 no ICC Norte. A oficina é uma atividade proposta pelo professor André Porto, na disciplina Diplomática e Tipologia aos alunos de graduação em Arquivologia da Universidade de Brasilia - UnB. O objetivo é mostrar a importância da arquivologia mediante a avaliação de temas que nos cercam no dia a dia para pessoas que não tem conhecimento sobre como esse curso pode ser relevante na nossa sociedade. 
A Arquivologia é um curso que estuda as funções do arquivo e visa formar profissionais que tenham a consciência da quantidade de informação produzida na sociedade e que através disso, saiba desde gerir a informação até como organizá-la dentro das diversas instituições, organizaçõesA disciplina Diplomática e Tipologia dentro da Arquivologia têm como objetivo analisar três aspectos principais de um documento, são elas: a autenticidade do documento (é uma característica, particularidade ou estado do que é autêntico, como uma assinatura, ou carimbo, ou até mesmo o tipo do papel usado na produção do documento), a espécie do documento (é a configuração que assume um documento de acordo com a disposição e natureza das informações nele contidas. Ex.: Memorando, Ofício, Processo, Relatório, Guia, Requisição) e o trâmite (é o procedimento para determinado fim; curso regular para a consecução de algo). 
Para a apresentação da oficina, nosso grupo escolheu o tema Compra de Material Permanente na Universidade de Brasília, em processos com dispensa de licitação. Através desse tema nós analisamos a série documental (subdivisão do quadro de arranjo que corresponde a uma sequência de documentos relativos a uma mesma função, atividade, tipo documental ou assunto) de processos de compras feitas pela UnB. O processo que utilizamos como exemplo para mostrar às pessoas que passavam no nosso estande, refere-se a aquisição de ventiladores e lixeiras solicitada pela faculdade UnB unidade de Planaltina. Para que as pessoas entendessem a importância da arquivologia e como a diplomática se aplica nos documentos, mostramos o trâmite desse processo e como este garante a autenticidade do processo. O processo inicia com um memorando encaminhado pela FUP (Faculdade UnB Planaltina) à Diretoria de Recursos Materiais (DRM) solicitando a abertura de processo de compra, mediante a dispensa de licitação, anexando a três orçamentos. Após a avaliação da DRM sob os orçamentos, o mesmo emite a nota de empenho (o empenho da despesa é o ato emanado de autoridade competente que cria para a UnB a obrigação de pagamento pendente ou não de cumprimento de condição). Em seguida a nota de empenho, a DRM encaminha para o SCN (Serviço de Compras Nacionais) um memorando autorizando a abertura do processo de compra com dispensa de licitação. Feito isso, o setor da unidade de Planaltina que solicitou a abertura do processo entra em contato com a empresa escolhida para a prestação de serviço para que a mesma faça a entrega dos itens requeridos. Efetuada a entrega, é emitido um comprovante de entrega e a nota fiscal para que seja comprovado que os produtos foram entregues com a finalidade de que a DRM realize o pagamento mediante a concessão.  Acesse o processo aqui
Esclarecido como ocorre o processo de compra, nosso grupo propôs salientar uma fragilidade observada na avaliação da série documental de processo de compra e no processo analisado de forma isolada. Na série documental observamos que existiam itens cotados que apresentavam orçamentos nas mesmas três empresas de outras compras efetuadas, com isso pudemos ver o privilégio dessas três empresas sobre as demais. Além disto, uma brecha para fraudar o processo de compras está no fato de que o setor solicitante é que envia os orçamentos e na maioria das vezes os orçamentos não são revisados pela DRM, ou seja, o setor ainda possui certa quantia para ser usada durante o ano e resolve por meio de necessidade ou não adquirir alguns produtos, mas ele pode escolher as empresas que ira cotar, por exemplo de um parente que possua empresa com CNPJ. Se não for feita uma revisão dos orçamentos, a empresa vencedora será direcionada, comprometendo a lisura do processo e, da mesma forma, a possibilidade de diversas outras empresas, que inclusive poderiam ser mais baratas, em participar dos processos de aquisição. A Arquivologia é importante porque permite que seja possível observar essas fragilidades e por meio de uma avaliação criteriosa, perceber possíveis fraudes nos processos. 
Nossa oficina recebeu a visita de sessenta e seis pessoas, dentre elas pessoas de cursos como ciências sociais, design, administração, arquitetura e urbanismo, comunicação, direito, além de outros cursos e servidores da UnB, conforme a lista de presença aqui disponibilizada. Na oficina, usamos um roteiro com o intuito de manter um direcionamento na apresentação. Nele dividimos em:  
-Apresentação do foco e objetivos da apresentação da oficina; 
  •      -Análise e exemplo de um Processo de Compra de Material Permanente; 
  •      -Explicação de conceitos presentes dentro do processo; 
  •    -Exemplo sobre a possibilidade de fraudes nos processos e como a diplomática, a arquivologia, os arquivistas e o Arquivo Central da UnB podem ajudar a impedir ou descobrir atos como esse; 
  • -Opinião e dúvidas dos espectadores sobre a oficina.

            Além disso, oferecemos para aqueles que ouviram sobre o nosso trabalho, lembrancinhas com o link do blog para maiores explicações. 





            Nossa apresentação contou com um banner para exposição das ideias desenvolvidas pelo grupo para melhor evidenciamento do trâmite do processo de compra.



          Cada apresentação do tema era feita em média por dez minutos, com uma linguagem de fácil compreensão e de forma que cativasse os alunos que presenciaram a se interessar pelo assunto. Pudemos perceber a surpresa de alguns em relação a maneira burocrática de todo o processo e como, em meio a toda organização, haveria maneiras de fraudar. Começamos a expor nosso trabalho um pouco antes das 19h e terminamos a última apresentação por volta de 22h.

            Abaixo terão algumas fotos da oficina. Espero que tenham gostado!













Análise das apresentações das oficinas - Felipe Neves Crizostimo


OS BÁRBAROS – O grupo apresentou sua oficina sobre o Projeto Memória do Movimento Estudantil (PROMEMEU), demonstrando a história e contexto do projeto, sua importância para a história da universidade e sua relação com a disciplina de Diplomática e Tipologia Documental e Arquivo Permanente 1 através de duas dinâmicas que em uma os espectadores escolhiam um documento dentro de uma caixa e o relacionava com alguma das análises diplomática presentes em cima da mesa e veria se tinha acertado na escolha a outra era um mural com algumas fotos presentes e escreveríamos o que nos achávamos sobre o significado das imagens com uma explicação posterior dos integrantes sobre ela.

ARQUIVO X – O grupo apresentou sua oficina sobre como acontece o trâmite dos documentos do contrato de estágio em que cada integrante do grupo se passava por um setor da universidade e explicava com uma demonstração real de como se ocorre o processo em cada instância com replicas dos documentos utilizados, no final os espectadores saiam com um contrato de estágio assinado e "autentico" da UnB.

QUARTETO DIPLOMÁTICO – O grupo apresentou sua oficina sobre o processo de transferência de curso dentro da UnB, mostrando os passos e requisitos que os alunos precisam seguir e preencher para conseguir realizar essa transferência, além disso, o grupo trouxe uma relação da quantidade de vagas disponível em cada curso e o que muda no processo a partir da implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informação).

DE VOLTA PARA O PASSADO – O grupo apresentou sua oficina sobre o Processo de Contrato de Locação dos Imóveis da UnB, demonstrando os requisitos para que ocorra o trâmite do contrato através do SEI (Sistema Eletrônico de Informação), como pode ocorrer fraude nesse processo e como ela pode ser evitada, os imóveis que a UnB possui no Distrito Federal, o uso deles e a relação dos documentos apresentados com as disciplinas de arquivo permanente 1 e Diplomática e Tipologia documental.


GRUPO ALPHA – O grupo apresentou sua oficina sobre o que é o PIBIC (Projeto de Iniciação Científica), explicando como ocorre o trâmite através de um Bizagi para esse projeto poder acontecer, os requisitos para os interessados participarem e a importância e objetivos desse projeto para a universidade, além disso, relacionou esse projeto com os conceitos básicos do curso de arquivologia e as matérias de arquivo permanente e diplomática e tipologia documental. Destaque para o Wevertton que se vestiu de placa para chamar a atenção e convocar as pessoas para assistir a oficina.

Análise da apresentação das oficinas

Amanda Elias de Souza (13/0052396)

  • ·         Quarteto Diplomático:

O tema abordado pelo grupo foi o processo de mudança de curso. Eles mostraram os requisitos, o edital e simularam como seria o trâmite.  Utilizaram balões e cartazes para decorar seu espaço e deram como brinde bombons. Mostraram como é o documento para fazer esse tipo de solicitação. Esse estende foi um dos mais procurados, já que muitos alunos têm interesse em saber como acontece esse processo.

  • ·         De volta para o passado:

O grupo levou como tema o contrato de locação de imóveis funcionais da Universidade de Brasília. Iniciaram falando sobre os conceitos principais da arquivologia e diplomática e a importância da guarda de documentos, como eles podem ser usados como objeto de prova. Explicaram quais são os pré-requisitos, documentos que participam do trâmite, formas de inscrição e como fazer a solicitação. Para ornamentar usaram cartazes coloridos que faziam uma alusão ao filme “de volta para o futuro” e identificaram os participantes através de fichas, deram chocolate no final da apresentação.

  • ·         Novos amigos:

O assunto trabalhado pelo grupo foi os documentos necessários para solicitar o diploma dentro da universidade. Eles explicaram como ocorre o processo e quais os documentos que estão envolvidos nele e precisam ser solicitados na Secretária de Administração Acadêmica. Conceitos foram incluídos durante a apresentação como quem era o produtor arquivístico e a importância da autenticidade nesses documentos. Ao final das explicações o participante teria que dar autenticidade ao um diploma usando elementos obrigatórios, símbolos de validação e colocá-los no lugar adequado. Como ilustração havia pregado em um mural notícias, como por exemplo, de um ex-BBB que teria utilizado diploma falso.

  • ·         Alpha:

O objeto de apresentação desse grupo foi projeto de pesquisa do PIBIC, iniciação científica. Eles mostraram com um banner como acontece o trâmite por meio do programa Bizzagi e um integrante do grupo ficou vestido de homem-sanduíche chamando as pessoas para assistir à apresentação. Abordaram os conceitos de diplomática e arquivologia (para quem não conhecia o curso) e sua importância no processo até o aluno conseguir participar do projeto. Explicaram o andamento do PIBIC, os pré-requisitos necessários e as vantagens. Como brinde entregaram balinha e um fôlder com algumas explicações e o endereço do blog.

  • ·         Desarquivando:


O tema escolhido pelo grupo foi os convênios feitos pela Universidade de Brasília com universidades estrangeiras para intercâmbios estudantis. Eles usaram o programa XMIND para exemplificar o trâmite. Mostraram qual a documentação necessária, a importância da diplomática nesse processo e os tipos de convênios. Explicaram que o fundo que essa série documental se encontra depende do local onde o documento vai ficar, ou seja, seu destino final. Para ilustrar o assunto escolhido fizeram um painel com fotografias de vários países e como brinde deram um marca página. 

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Análise das prévias das oficinas – Mariana Cardoso Rodrigues


Desarquivando: Eles irão abordar  sobre Convênios celebrados entre a UnB e instituições estrangeiras, com o intuito de mostrar a finalidade e requisitos para que  o processo de trâmite aconteça, verificando como esse processo de convênios podem ser autênticos  e o relacionando esse tema com  os conceitos das disciplinas de diplomática e tipologia documental e arquivo permanente.

Quarteto Diplomático: O grupo irá apresentar um tema que é comum dentro da UnB, que remete a mudança de curso. Eles vão mostrar na prática como formaria um processo de mudança de curso para que as pessoas possam compreender melhor como funciona e como esse tema muda ou não com a implantação do SEI (Sistema Eletrônico de Informação) na Universidade.

Os Bárbaros: O grupo apresentará um tema que diz respeito ao Projeto Memória do Movimento Estudantil. Para mostrar esse tema, o grupo irá realizar duas dinâmicas visando a maior compreensão sobre o assunto pelos espectadores que estarão participando. Acrescentando temas como arquivologia, diplomática e tipologia durante a apresentação.


De Volta Para o Passado: Esse grupo pretende abordar sobre como ocorre os Contratos de Locação dos Imóveis Funcionais da UnB, visando mostrar a finalidade para a universidade em tornar possível que docentes e funcionários se estabeleçam em seus apartamentos e como se da à autenticidade e a relação dos fundos desse tramite já que ele ocorre todo pelo o SEI (Sistema Eletrônico de Informação).

Análise das prévias das oficinas

    Amanda Elias de Souza (13/0052396)

1.    Os Bárbaros – O tema desse grupo é o projeto memória do movimento estudantil. Para desenvolver a oficina eles vão fazer duas dinâmicas, uma com fotografia para explicar a sua importância para o fundo e a segunda dinâmica vai ter a participação dos espectadores, as pessoas vão ser induzidas a fazerem uma analise diplomática de um documento que será retirado de um caixa arquivo. Ao iniciar a oficina os componentes vão fazer uma contextualização sobre o projeto e explicar posteriormente o que é Arquivologia e onde atua a diplomática. Como um dos conceitos compreendidos na disciplina, vão também falar sobre tipologia.

2.    Quarteto Diplomático – Para iniciar a oficina o grupo vai apresentar os conceitos sobre Arquivologia, diplomática e autenticidade, dando  enfoque na sua importância. O tema abordado pela equipe é o processo de mudança de curso e opção. Eles vão fazer uma simulação de como seria esse processo e com a introdução do SEI (Sistema Eletrônico Informações) quais são as mudanças que ocorrem. Vão mostrar também quem seria o produtor arquivístico do formulário de solicitação de mudança de curso/ opção, como também explicar os requisitos, critérios e passo a passo do processo. Para lembrancinha vão entregar um recibo, com o endereço do blog para mais informações.

3.    De volta para o passado – A apresentação do grupo vai ser dividida em quatro partes. Primeiro eles vão apresentar o grupo, depois falar dos conceitos, como ocorre o contrato de locação, quais são os pré-requisitos para se inscrever. O tema escolhido pelo grupo foi o contrato de locação dos imóveis funcionais da UNB – Universidade de Brasília. Eles vão demonstrar sua finalidade para universidade e de alocar docentes e funcionários, como identificar a autenticidade desses documentos. Mostrar a relação dos fundos com o trâmite e como se dá agora com a implantação do SEI (Sistema Eletrônico Informações), como também falar quem é o produtor arquivístico. Apresentar como a autenticidade é importante para evitar fraudes.

4.    Desarquivando – O tema escolhido pelo grupo foi convênios celebrados entre a UNB – Universidade de Brasília e universidades estrangeiras, quais são os requisitos mínimos para essa parceria acontecer e a sua finalidade. Eles também vão explicar como ocorre o trâmite desse processo, quais são os documentos necessários, se é o necessário visto entre outros aspectos. Os conceitos abordados da disciplina de permanente 1, serão fundo, contexto de produção e produtor arquivístico. Como acontece dentro do processo os procedimentos de convênio, acomodação, localização, custos e duração.